Além disso

Por que as folhas de azaléia crescem muito leves e sofrem outras mudanças? Como ajudar uma flor?

Por que as folhas de azaléia crescem muito leves e sofrem outras mudanças? Como ajudar uma flor?


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A azaléia é uma das melhores plantas da casa. Muitas vezes também é chamada de "árvore de rosa" e pertence à família dos rododendros. Suas folhas perenes e lindas flores podem deliciar o dono da casa mesmo no inverno. Além disso, observa-se que a planta é muito delicada e bastante caprichosa de cuidar.

Vale a pena considerar seu conteúdo com atenção para prolongar a vida da flor. Normalmente, os caules são podados e beliscados para obter a melhor floração e duração. Esse procedimento deve ser realizado a partir de maio.

O papel das folhas na vida do rododendro

As folhas da planta têm funções importantes para a flor. Com a ajuda de grandes e finos tecidos foliares, a azaléia produz substâncias orgânicas necessárias à vida. A fotossíntese ocorre com a ajuda da luz solar. As folhas evaporam a umidade da planta e metabolizam os minerais.

Dependendo das estações do ano, as folhas da azaléia podem ficar repletas de fungos e doenças. Na maioria das vezes, é a aparência pouco saudável das folhas que indica a presença de doenças e parasitas na flor. Dependendo de como a cor da planta muda, é possível determinar a doença da flor.

As doenças mais comuns desta parte da planta

As folhas da azaléia são muito temperamentais e suscetíveis a doenças fúngicas. As doenças podem ocorrer por vários motivos. Na maioria das vezes, cuidados inadequados são comuns.

Fatores externos influenciam fortemente o florescimento e a vida útil da planta. A alta temperatura do ar e muita luz podem causar algumas doenças. E também a rega frequente e inadequada pode destruir o arbusto ou desenvolver mofo e parasitas nele.

Considere as doenças comuns da azaléia.

  • A mariposa Azaliva é uma praga interessante. É difícil perceber de imediato, só pode ser determinado por sinais. As folhas secam gradualmente, quebram e caem (como reanimar uma azaléia se ela secou?). Mas depois que as lagartas crescem, elas se movem para as folhas saudáveis, torcem-nas e continuam sua reprodução.
  • Doença viral perigosa chamada "mosca branca da estufa", que afeta as folhas da azaléia. Neles existe um fungo fuliginoso, que é transmissor de doenças em plantas com flores. Além disso, pelos sinais das folhas, você pode determinar a presença de um ácaro terrestre em uma planta.

    As folhas novas dobram-se para dentro como um barco e, em vez de botões comuns, formam-se pequenas e numerosas formações. Se um carrapato vermelho achatado for enrolado, as folhas da planta começam a ficar marrons, murchar acentuadamente e se desintegrar.

  • Os mais comuns são sinais de Fusarium, quando o caule murcha, torna-se amarelo e as raízes são rosadas. Com esses sintomas, eles são tratados com uma solução de baseol a 0,2%.
  • Os sinais de verticelose podem ser reconhecidos pela base escura da planta.
  • Alternaria manifesta-se por manchas nas folhas de cor castanha. Com esta doença, as plantas devem ser tratadas com composição bordalesa.
  • A doença da Septoria é caracterizada por manchas vermelhas-amarelas e manchas pretas dentro da folha. Isso é possível devido à falta de luz e alta umidade.
  • A filosticosose ocorre quando formações marrom-escuras ou círculos cinza aparecem nas folhas da azaléia.

Você pode descobrir mais sobre as doenças e pragas das azaléias neste material.

Como são as folhas afetadas na foto, por que isso acontece com elas e o que fazer?

A seguir, você poderá conhecer os motivos das mudanças nas folhas da planta e ver suas fotos.

Fica muito claro ou muito pálido

Para ajudar uma planta cujas folhas começaram a murchar ou ficar verdes claras, você precisa descobrir por que isso aconteceu. O mais comum a razão para o tom muito claro das folhas de azaléia é uma doença como a clorose. Pode ser causada por vários fatores: falta de ferro, magnésio, nitrogênio, bem como de outros nutrientes importantes.

O tratamento pode ser ferver a água para amolecê-la e adicionar ácido cítrico à água de irrigação, especialmente se for crua.

Corar

Folhas de rododendro podem ficar vermelhas com o excesso de luz do sol ou de supersaturação com ferro de isca. É melhor interromper o período de fertilização e mover a flor para um local mais escuro e fresco. Observe a condição; esse fenômeno também pode estar associado a um transplante de flor recente.

Existe a possibilidade de infecção por um ácaro da terra, se assim for, então é necessário tratar as raízes com compostos químicos e transplantar para um novo solo.

Coberto com flor branca

Uma flor pálida aparece no interior da folha, após a qual ela pode cair. A causa da doença das plantas será a rega e as condições de temperatura inadequadas. Essa manifestação nas folhas é chamada de fomose.

A prevenção e o tratamento ocorrem por pulverização de uma solução como Topsin-M 0,1%. É necessário processar Azalea três vezes, após dez dias.

Curvatura para dentro

O enrolamento e a queda das folhas indicam fitofitíase aguda. Devido a fatores externos desfavoráveis, como alta temperatura do ar e alta umidade, a planta se desprende da folhagem.

É possível evitar as consequências se você aumentar a permeabilidade ao ar do solo, por exemplo, afrouxá-lo, e também tratar as folhas com ácido bórico. Em casos raros, pode haver pulgões ou lagartas nas folhas retorcidas, são fáceis de detectar e recomenda-se retirá-los imediatamente com um algodão e tratar a planta com uma composição química especial de parasitas.

Tornar marrom e cair

Necrose é o nome desse período da vida de uma flor. Em algumas espécies de azaléia, geralmente ocorre no inverno após a floração. A necrose se manifesta pelo aparecimento de uma coloração marrom nas folhas e a morte da folha.

É melhor deixar a planta sozinha neste estado. Isso significa ir para um local fresco, sair sem regar e alimentar.

Atenção! Assim que novas folhas começam a aparecer, o período de dormência acaba e tudo está bem, mas se o apodrecimento e a queda continuarem, então provavelmente a flor não poderá mais ser salva.

Escurecer

Acontece que aparecem manchas escuras na azaléia e causam problemas para a planta. Na maioria das vezes, as folhas danificadas com essas manchas são removidas e tratadas com uma solução de Fundazol a 0,2%. Ajuda a remover os sintomas de doenças das plantas, como a filosticosose.

Possíveis problemas com o escurecimento das folhas, podem ser parasitas. Estes são carrapatos e vírus fúngicos. Antes de iniciar o tratamento, você deve primeiro se livrar deles com compostos químicos e, em seguida, começar a tratá-los com medicamentos. Em alguns casos, vale a pena proteger a flor de outras plantas, para não infectar com a presença de parasitas.

Leia sobre se uma azaléia morrendo sempre pode ser salva e como reviver a planta aqui.

Prevenção de várias doenças

  1. Para uma boa e prolongada floração da azaléia, é necessário observar o correto regime de irrigação. A água deve estar em temperatura ambiente ou 1-2 graus mais alta. Isso ajudará a planta a nutrir e absorver melhor a umidade. É melhor usar água fervida macia.

    Para nutrição e manutenção, a maneira mais fácil é adicionar suco de limão ou ácido cítrico diluído à água de irrigação. Proporções de aproximadamente 3 gotas por litro de água.

  2. Além de regar, você não deve esfriar demais ou secar a flor ao sol. É importante observar um regime de temperatura ambiente confortável para a planta. Fique atento para a reposição do solo, você pode comprar minerais adicionais em lojas especializadas. Ionize o ar da sala com a planta.

    É importante não inundar a flor e observar cuidadosamente para que não apareça mofo, pois pode contribuir para o aparecimento de ácaros na planta, que irão destruir a flor.

  3. O transplante também é muito importante. Normalmente, os produtores de flores aconselham o replantio da planta após a primeira floração. A maneira mais segura de não danificar as raízes é usar o método de transplante como uma "transferência". Uma característica é a preservação de um coma de terra nas raízes. As raízes da azaléia são muito frágeis e finas, por isso uma atitude cuidadosa é a chave para a saúde da flor.

    Não transplante para vasos fundos. As plantas jovens são transplantadas uma vez por ano, enquanto os adultos são transplantados uma vez a cada três anos. No momento do transplante, vale retirar os caules mortos, as folhas e tudo o que não parece saudável na planta.

A azaléia é uma planta bonita. E o favorito de muitos proprietários de plantas. Ela, como uma dama gentil e caprichosa, agrada-se com uma bela floração e é exigente no namoro. Portanto, para preservar a beleza por muito tempo, principalmente durante o período de floração da planta, é necessário observar cuidadosamente as mudanças externas nas flores e folhas.

A melhor temperatura na sala não é superior a 12 graus. A flor deve ser colocada em uma sala escura com temperatura ambiente baixa, mas não inferior a 5 graus. A rega abundante com água macia mantém a floração prolongada e delicia os olhos com belos botões.


Assista o vídeo: AZALEIA (Pode 2022).