Além disso

Características do plantio de begônias em vaso. Por que é tão importante escolher o contêiner certo?

Características do plantio de begônias em vaso. Por que é tão importante escolher o contêiner certo?


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Flores brilhantes e folhas de begônias esculpidas de cores extravagantes são capazes de agradar aos olhos o ano todo, para isso é necessário criar condições confortáveis ​​para a planta. Uma das principais considerações ao cultivar begônias é escolher o vaso e o solo certos ao plantar. Este artigo irá falar sobre as características do sistema radicular da begônia, o solo necessário para seu crescimento e floração, as regras de rega, o processo de transplante e que tipo de vaso você precisa e como coletá-lo.

Características do sistema raiz

Dependendo do tipo de begônia, suas raízes podem formar tubérculos, rizomas ou um sistema radicular ramificado comum. Em qualquer caso, o crescimento das raízes não ocorre profundamente na camada do solo, mas em largura, paralela à sua superfície.

O sistema radicular da begônia é muito delicado, é facilmente ferido, por isso é necessário agir com muito cuidado ao transplantar. Também é importante evitar o acúmulo de umidade no substrato, pois isso leva ao apodrecimento, que é especialmente perigoso no inverno, quando a temperatura do ar cai significativamente (como manter a begônia em casa no inverno?).

Que tipo de solo é necessário?

Begônia é adequada para um substrato leve e solto com um baixo nível de acidez e um grande suprimento de nutrientes. Um solo especial ideal para o cultivo de begônias pode ser comprado em quase qualquer floricultura. Se desejar, a composição correta pode ser feita de forma independente, existem várias receitas:

  1. areia, solo turfoso e solo folhoso na proporção de 2: 1: 2 (esta composição é bem adequada para begônias tuberosas);
  2. parte do gramado e 2 partes cada de turfa, húmus e frondosa (a opção que melhor se adapta às necessidades da begônia real);
  3. 1 parte de areia, húmus e turfa e 2 partes de solo frondoso (substrato para begônia real).

Importante! Se o substrato for misturado manualmente, deve ser esterilizado antes do plantio. Isso ajudará a evitar danos por patógenos.

Regras de rega

A rega das begônias deve ser regulamentada de acordo com a época do ano (leia aqui como cultivar, regar e cuidar das begônias para que floresçam por mais tempo). Dicas úteis. Na primavera, verão e início do outono, a planta requer umidade intensiva 2-3 vezes por semana, a partir de outubro-novembro deve ser reduzida para 2-3 vezes por mês.

A água deve estar em temperatura ambiente, bem sedimentada (pelo menos dentro de um dia), sem impurezas. É importante garantir que, com rega abundante, a água não se acumule na panela.

Apesar de a planta necessitar de muita umidade (60-80%), não é altamente recomendável borrifar e umedecer as folhas, pois isso leva ao desenvolvimento de várias doenças, como o oídio.

É melhor usar dispositivos especiais para aumentar a umidade do ar.Além disso, para isso, um pote de begônia pode ser colocado em uma bandeja com argila expandida úmida e adicionar água à medida que evapora.

Que tipo de maconha você precisa?

No plantio de begônias, deve-se dar preferência a vasos largos e baixos, cujo diâmetro exceda a altura em pelo menos alguns centímetros. Essa condição está associada às peculiaridades da formação do sistema radicular, que prefere se desenvolver em largura. Este formato do vaso também permitirá que o substrato seja bem ventilado e forneça a quantidade necessária de oxigênio às raízes.

Escolhendo o tamanho certo

Em que vaso plantar uma planta jovem? O primeiro recipiente para uma begônia jovem cultivada de uma estaca ou folha não deve exceder 5-6 cm de diâmetro. Cerca de seis meses, quando a planta está totalmente enraizada, ela pode ser transplantada para um vaso maior com um diâmetro de cerca de 10-12 cm. Transplantes adicionais são realizados conforme necessário (mas pelo menos uma vez a cada 2-3 anos), enquanto cada capacidade subsequente deve ser um terço maior que a anterior.

Importante! Não se deve plantar imediatamente uma flor em um vaso muito espaçoso, se a quantidade de substrato exceder significativamente o volume do sistema radicular, isso levará ao alagamento e ao subsequente processo de decomposição.

Preparando o recipiente

Em primeiro lugar, a panela deve ser bem lavada e desinfetada, para isso você pode usar uma solução de permanganato de potássio, tal tratamento garante a ausência de patógenos e protege a begônia de doenças no futuro.

Para manter o nível de umidade necessário do substrato, é desejável que existam vários furos de drenagem na panela, também não se esqueça da camada de drenagem, que deve preencher pelo menos um quarto do volume total do vaso.

Como plantar uma planta?

Quer se trate do primeiro plantio de uma planta jovem ou do transplante planejado de uma já crescida, é importante ter cuidado e seguir algumas regras:

  1. Coloque uma camada de drenagem (por exemplo, argila expandida) em um recipiente preparado para o plantio.

    No topo da camada de drenagem, você pode colocar 1-2 cm de carvão vegetal, que fornecerá proteção adicional para as raízes do excesso de umidade.

  2. Em seguida, despeje uma pequena quantidade do substrato (a quantidade é determinada em função do volume total do recipiente e do tamanho da planta transplantada).
  3. Remova cuidadosamente a begônia do pote antigo. Se não for fácil retirar a flor, para não danificar os brotos e as raízes, pode-se colocar o vaso por um tempo em um recipiente com água em temperatura ambiente. Após 15-20 minutos, o substrato vai absorver a umidade e será muito mais fácil retirar a begônia do vaso.
  4. Tomando cuidado para não danificar as raízes, retire o excesso do substrato antigo e coloque a begônia no centro do novo vaso.
  5. Cubra a flor em círculo com terra, sem esmagar ou pisar, de forma que fique cerca de 1 cm até a borda superior do vaso.
  6. Água em abundância. Se necessário, adicione uma pequena quantidade do substrato, pois a rega pode resultar em seu aluimento.

Atenção! Para restaurar o sistema radicular danificado e acelerar o processo de adaptação da planta após o plantio, pode-se regar com uma solução de raiz ou ácido succínico. O curativo superior nos primeiros meses após o transplante não é recomendado.

Você pode encontrar mais informações sobre como e o que alimentar as begônias aqui.

Sugerimos que você assista a um vídeo sobre como transplantar begônia:

Foto de flor de interior

A seguir, você pode ver a aparência de uma begônia em um vaso na foto.





Por que é importante escolher o recipiente certo para o plantio?

  • O tamanho... Como mencionado anteriormente, um vaso excessivamente grande tem maior probabilidade de prejudicar a flor, uma vez que o sistema radicular não terá tempo para absorver água, o que inevitavelmente levará ao encharcamento do substrato e ao aparecimento de doenças fúngicas e mofo. Se o tamanho for escolhido corretamente, em apenas 3 meses a begônia será capaz de se adaptar totalmente e começar a florescer.
  • Material... Os vasos de plástico geralmente são recipientes mais baratos, mas contribuem para um efeito estufa que pode superaquecer o sistema radicular. Isso é especialmente perigoso no verão. Além disso, ao contrário das cerâmicas, removem mais a umidade e podem contribuir para o seu acúmulo no solo.
  • A forma... Recipientes muito fundos para begônias não são adequados, uma vez que o sistema radicular da planta busca maximizar o volume que lhe é fornecido. Dadas as peculiaridades do crescimento da raiz, que prefere rastejar diretamente abaixo da superfície, o aprofundamento vai tirar muita força das begônias, o que vai desacelerar o crescimento da parte aérea e se tornar um obstáculo para a floração.

Um plantio de begônias bem executado, um vaso e substrato bem escolhidos são a garantia de que ela vai enraizar com sucesso e, em poucos meses, vai deliciar o proprietário com suas flores brilhantes e charmosas.

Sugerimos que você assista a um vídeo sobre como escolher um vaso para a begônia:


Assista o vídeo: 1O VARIEDADES DE BEGÔNIAS INCRÍVEIS EXTREMAMENTE LINDAS PARA TER EM CASA - CONFIRA!! (Pode 2022).