Jardim

Gerânios flores


Gerânio flores


Os gerânios podem ser classificados em trezentas espécies, todas pertencentes à família Geraniaceae. São plantas perenes e crescem bem em qualquer solo que não seja excessivamente úmido. Essas plantas ficam bem ao sol, mesmo que as áreas de sombra parcial sejam preferíveis. As folhas dos gerânios são predominantemente arredondadas e lobadas, geralmente com 5 pontos e muito perfumadas. A maioria das trezentas espécies possui estruturas únicas, com as mesmas cores e tons. No início do verão, a planta cresce em seu esplendor máximo, dando vida a flores que variam de branco a roxo e até azul e, geralmente, têm a forma de uma xícara ou disco. Outro detalhe a não ser esquecido é que o gerânio é uma planta duradoura e não requer muito cuidado. O crescimento de gerânios se desenvolve em canteiros de flores, muitas vezes atingindo uma altura de um metro e meio, de modo que, uma vez implantados, formam um excelente lenço multicolorido. A colocação do gerânio não requer que áreas específicas sejam cultivadas; de fato, tolera bem a seca, o calor e a umidade excessivos e é muito robusto do ponto de vista estrutural. Em suas espécies mais comuns, o gerânio que podemos identificar em varandas e terraços é o tipo chamado "Pelargonium", com folhas sempre verdes de rubi e flores vermelhas profundas. As espécies em sua fase evolutiva deram origem a outros tipos de gerânios muito particulares. Um exemplo é representado pelo Pelargonium Macranthum constituído por uma flor que, devido à sua forma, lembra muito a azálea, enquanto a variação no centro é de uma cor predominantemente enegrecida que melhora as espécies. Na Itália, as espécies mais difundidas são aquelas que crescem espontaneamente, ou seja: o gerânio prateado e prateado. Seu cultivo requer pouca manutenção e é possível definir plantas "autônomas". A experiência e a capacidade de modificar geneticamente as plantas deram à luz recentemente um tipo de gerânio chamado "preto", modificado em relação ao Macranthum com a parte preto que do centro se estende por quase toda a superfície da flor.

Cultivo de gerânio



Os gerânios são comprados muito pequenos nos centros de jardinagem em vasos de turfa e podem ser plantados imediatamente no solo. Para plantá-las, é necessário preparar um buraco com profundidade adequada e o espaço entre cada muda individual deve ser de pelo menos 20 centímetros. Nesse ponto, a planta deve ser regada completamente e o excesso de água drenado antes de removê-la cuidadosamente do recipiente de turfa, trabalhando o solo ao redor das raízes com os dedos. Se eles parecerem bastante amarrados, devem ser cuidadosamente separados antes de cobri-los completamente. Água abundante imediatamente após a implantação e abrigo da luz solar direta permite que ela se estabilize. Para a ocasião, é aconselhável cobrir com lonas plásticas, sem sufocá-las demais. Os gerânios, como já mencionado, fazem parte de plantas perenes e, portanto, podem ser transplantados sem problemas, sendo praticamente semelhante ao da fase inicial de implantação de pequenas mudas.

Manutenção de gerânio



Quando falamos de uma planta perene, isso não significa que podemos cultivá-la sem intervenções de manutenção; de fato, essas plantas devem ser tratadas como qualquer outra pertencente a essa categoria.
Como todas as plantas perenes, os gerânios também amadurecem, formando um sistema radicular compacto que pode levar a uma planta menos vigorosa, afetando a floração. Portanto, é aconselhável reduzi-los periodicamente para diminuí-los. Isso pode ser feito com cortes laterais, para que você possa acessá-los facilmente com os dedos. Ao dividir o sistema radicular, é possível fabricar novas plantas em outra área do jardim ou dar as mudas já adultas e prontas, portanto, para serem enxertadas em vasos para cultivo em varandas ou terraços. As operações de transplantação e poda devem, no entanto, ser realizadas no período da primavera. O tipo de solo deve ser granulado, bem drenado e com uma boa quantidade de matéria orgânica como fertilizante estimulante. O ideal é o solo que é o meio termo entre a areia e a argila, por apresentar alto teor de substâncias orgânicas, rico em elementos nutritivos e capacidade perfeita de retenção de água.

Gerânios flores: Prevenção e cuidados


Para o cultivo de plantas de gerânio, é importante manter o jardim o mais limpo possível, eliminando detritos de folhas e, acima de tudo, usando lonas protetoras nos meses mais rígidos para evitar que as geadas da noite as queimem. Por outro lado, as abundantes regas de plantas jovens devem ser regulares quando se tornam adultas. Nesse caso, a frequência é em dias alternados nos meses chuvosos e todos os dias nos meses mais quentes ao pôr do sol, tomando cuidado durante a irrigação para não molhar as flores que possam apodrecer. O fertilizante ideal é, como já mencionado, baseado em produtos orgânicos, mas, de tempos em tempos, a adição de esterco bem decomposto e fertilizantes líquidos para folhas verdes é de fundamental importância para esta planta que consegue combinar perfeitamente suas duas características fundamentais isto é: folhas sempre verdes e floração constante e rica em cores geralmente avermelhadas, rosadas e às vezes multicoloridas com tons de amarelo e branco que tornam o gerânio a planta por excelência de lotes, varandas e terraços.